terça-feira, 30 de dezembro de 2014

Shirley Carvalhaes de Camargo - Cantora

www.radionovaesperanca.com.br

Shirley Carvalhaes de Camargo, mais conhecida como Shirley Carvalhaes (Rio de Janeiro, 7 de setembro de 1954) é uma pastora e cantora brasileira de música cristã contemporânea.1 Foi a cantora que mais vendeu discos nos anos 80 e 90. Em 2008, recebeu o Disco de Pérola, pela vendagem de mais de 1 milhão de CDs pela gravadora Art Gospel.2

Em 2011, Shirley assinou contrato com a multinacional Sony Music e, em agosto do ano seguinte, lançou o álbum O Tempo de Cantar Chegou3 , com tiragem inicial esgotada em 10 dias.4


Extensão Vocal

Shirley Carvalhaes é um Mezzosoprano; possui um E3 como nota mais grave na canção "O cenário de Vitória" do álbum Cenário de Vitória. Sua nota mais aguda até hoje foi um F5 na canção "Eles Sumiram" do álbum Pássaro Livre.

História

Shirley Carvalhaes sempre confiou nas promessas de Deus para sua vida. Filha de Dona Esther e Sr. Antonio Mariano, ela acompanhava os pais na igreja.

Shirley teve uma infância humilde, em Mesquita, no RJ, mas sempre foi criada com muito amor pelos seus pais. Sua mãe foi sua maior incentivadora no seu ministério de louvor.

Na adolescência passou por lutas que levaram a desistir de louvar, e foi acometida de uma enfermidade onde ela mal podia falar. Com o coração quebrantado e firmando ali um compromisso com Deus, recebeu a visita de um irmão com um violão, que já entrou em sua casa dizendo: ''Hoje, a irmã Shirley vai cantar! ". Quando sua mãe entrou no quarto, para sua surpresa, ela estava sentada na cama e cantando junto com o irmão que acompanhava com o violão: ''Eu preciso falar de Jesus, aos perdidos que vivem sem luz. Eu preciso falar de sua graça sem par, sim falar de seu grande amor ...". A partir daí Shirley não parou mais de louvar ao Senhor.

Trajetória da Cantora na música Gospel

Em 1976, aos 22 anos, Shirley foi convidada para substituir a esposa do cantor Wilson de Almeida, que estava enferma, na colocação de voz do LP Acima das Estrelas, pela Gravadora Rocha Eterna.

O LP foi lançado em Janeiro de 1977 e muito bem aceito pelo público evangélico na época. Apesar da cantora estar grávida de seu primeiro filho, a colocação de voz foi tranquila. Em Fevereiro de 77 a cantora deu a luz ao seu primogênito Flávio Carvalhaes, dedicando-se a cuida-lo pelo resto do ano.

Em 1978, gravou seu segundo disco, Supremo Autor, colocando a voz nas 12 faixas do disco em apenas 08 horas seguidas, mas sem cansaço por parte da cantora, que pode ser notado ao ouvir essa gravação.

Em 1979, lança mais um disco, Morada de Deus, onde pode-se ver o lado compositor da cantora em duas faixas do álbum.

No ano seguinte, 1980, Shirley grava Santo Amor de Deus, um LP com músicas suaves e já com um timbre mais maduro que pode ser notado principalmente nas músicas ''Lágrimas'' e ''Rasgou-se o Véu''.

Mas foi em 1981, que ela grava Tesouro Incomparável, com esse LP a cantora começa a alcançar os estados do Brasil. ''Deus Tem Amor Para Dar'', ''Eu Vou'' e ''Da Cruz Saiu'' começam a serem tocadas nas rádios, marcando uma nova fase no ministério da cantora.

1982, seguindo o trajeto de lançar um disco a cada ano, ela grava Asas da Humilhação.

Em 1983, veio o LP Mansões Celestiais, também teve grande repercussão com as músicas ''Mansões Celestiais'', ''Seu Nome é Jesus'', ''O Véu do Templo'' e ''Porque Será ?''.

No final de 1983, veio seu 8º LP de título Poemas, que marcou a música pentecostal no Brasil com a faixa ''Estou Contigo''. Esse louvor marcou a vida da cantora, quando seu filho Flávio foi acometido de uma grave enfermidade e foi hospitalizado. A cantora ao visitá-lo ficou emocionada e entoou ''Estou Contigo'' ao lado do filho, Deus operou tremendamente o milagre, curando-o da doença.

No final de 1984, a cantora apresenta mais um LP que veio para consagrar a trajetória de sucesso na música evangélica, o disco Renúncia, de grande aceitação do público, rendendo LP de ouro na época. O álbum traz belíssimas faixas como ''A Árvore da Cruz'', ''Ditosa Cidade'', ''Renúncia'' e ''Até Sião'', que embalaram muitos repertórios de conjuntos e corais das igrejas evangélicas.

No final de 1985 gravou Avivamento, seu 10º LP, que também veio pra somar tanto em qualidade, quanto em voz e interpretação.

Em 1986, começa a gravar Se o Amanhã... , com destaque para as músicas ''Pedradas'', ''Gaivota'' e ''Se o Amanhã''.

No ano seguinte, 1987, a cantora presenteia o público com seu 12º disco, Asas do Vento. A partir do mesmo, a cantora começa a explorar novos ritmos e estilos, alcançando notas antes não exploradas por sua voz. Até os dias de hoje não sabe se ao certo a quantidade de discos vendidos pela cantora, de concreto é que já vendeu mais de 16 milhões, números que podem ultrapassar a casa dos 20 milhões.

A cantora, em 1988 , grava o LP Porta de Amor, e ganha prestígio por este belíssimo lançamento.

continua..... em andamento... Shirley Carvalhaes já esteve Cantando do lado de ilustres celebridades do cenário gospel como Elaine de Jesus , Henrique Castro, Banda Plenitude , Eliane Silva Mattos Nascimento entre outros.

http://pt.wikipedia.org/wiki/Shirley_Carvalhaes

Se você gosta de ler histórias sobre "Cangaço" clique no link abaixo:

http://blogdomendesemendes.blogspot.com 

Nenhum comentário:

Postar um comentário