quinta-feira, 30 de abril de 2015

SEBASTIÃO DO ROJÃO - CANTOR


Sebastião do Rojão foi um cantor e compositor brasileiro.1 2 Gravou músicas de sua autoria e de compositores e artistas renomados como GordurinhaElino Julião, Juarez Santiago, Walmir Silva, João do Vale, Jackson e Pedro Sertanejo.

http://pt.wikipedia.org/wiki/Sebasti%C3%A3o_do_Roj%C3%A3o

Se você gosta de ler histórias sobre "Cangaço" clique no link abaixo:

http://blogdomendesemendes.blogspot.com

segunda-feira, 27 de abril de 2015

Thalles Roberto cantor gospel


Thalles Roberto (Passos8 de novembro de 1977) é um cantorpastorcompositorprodutor musical e multi-instrumentista.1 Foi músico de apoio do grupo mineiro Jota Quest e trabalhou com Jamil e Uma Noites por um período de um ano e meio. Já lançou cinco CDs e três DVDs.2 3 Foi indicado ao Grammy Latino e vencedor do Troféu Promessas.[carece de fontes].


Seu sucesso está intimamente relacionado à estratégia de aproximação das grandes gravadoras com o público gospel, que representa cerca de 22 % da população brasileira (mais de 42 milhões de pessoas). O mercado de música gospelmovimenta mais de 1,5 bilhões de reais ao ano, o que atraiu a atenção dessas gravadoras para este nicho de mercado e os grandes lucros que cantores como Thalles Roberto podem proporcionar.4

Zilda Rosa no hospital e seu filho Thalles Roberto

Nascido em um lar evangélico, juntamente com sua família Thalles frequentava os cultos da Igreja Sara Nossa Terra na capital mineira e no ano de 1998 gravou um disco, e posteriormente com Nívea Soares e Samuel Mizrahy formaram um trio chamado Muitomais, e gravaram um álbum de nome homônimo.5

Em 2003, gravou pela Sony Music5 o trabalho Acústico Gospel, que foi indicado na categoria Melhor álbum de música cristã em Língua Portuguesa no Grammy Latino daquele ano, mas foi pouco divulgado.6

A partir desse tempo o cantor começou a trabalhar com vários músicos e artistas, sendo integrante da banda de pop rock mineira Jota Quest. Entretanto, acabou se afastando do cristianismo. Após alguns anos de trabalho, passou a frequentar a Igreja Batista da Lagoinha em 2009.

Seu primeiro disco gravado pela Graça Music foi Na Sala do Pai.3 Após este trabalho, gravou o DVD Na Sala do Pai e a coletânea Raízes.5

Em outubro de 2010, o cantor foi premiado no extinto Troféu Melhores do Ano na categoria Revelação. Como estava viajando, Ana Paula Porto, diretora da Graça Music recebeu ao vivo o prêmio.7

Em abril de 2011, participou do álbum Minhas Canções na Voz dos Melhores - Volume 4, cantando a canção Escrita pelo Dedo de Deus, de autoria de R. R. Soares e que tornou tema do álbum que seria gravado posteriormente.8

No dia 30 de julho foi gravado seu primeiro DVD ao vivo, que também foi distribuído em CD duplo, intitulado Uma História Escrita pelo Dedo de Deus. O evento foi realizado no Chevrolet Hall, em Belo Horizonte, com um público de mais de cinco mil pessoas. O álbum também trouxe regravações de músicas do álbum Na Sala do Pai, participações especiais de André Valadão, Gabriela Rocha e Victor Aguiar.9 O álbum tem as características do pop rock e soul em predominantemente todas as canções. A obra foi produzida por Jordan Macedo e ainda teve Alexandre Aposan como baterista e participação especial de Gabriela Rocha.5

No dia 26 de fevereiro de 2012, foi ungido pastor pela Comunidade Evangélica Sara Nossa Terra, entretanto continua sendo músico.10

Seus 2 CDs Uma História Escrita pelo dedo de Deus são discos de platina dupla11 e o DVD é disco de diamante.12

Em setembro de 2012, lançou Raízes 2 sob a produção de Fábio Aposan. O disco foi lançado pela Graça Music.13 A cantora Damares usou do seu microblog para divulgar a nova participação, que é do próprio cantor que fará dueto na canção "A Dracma Perdida".14

Em 2014, deixa a Graça Music e fecha contrato com a Motown Records e gravou seu segundo álbum ao vivo, intitulado ID3.15 16

http://pt.wikipedia.org/wiki/Thalles_Roberto

Se você gosta de ler histórias sobre "Cangaço" clique no link abaixo:

http://blogdomendesemendes.blogspot.com

quinta-feira, 23 de abril de 2015

Cantor Mangabinha, do Trio Parada Dura, morre em Belo Horizonte


Músico de 73 anos estava internado há nove dias. Morreu nesta quinta-feira (23) o cantor sertanejo e sanfoneiro Mangabinha, integrante do Trio Parada Dura. Carlos Alberto Mangabinha Ribeiro, tinha 73 anos e estava internado há nove dias no Hospital Socor, em Belo Horizonte. Ainda não há informações sobre velório.

Ele lutava contra complicações provocadas pela diabetes, descoberta em 1982. Em dezembro de 2013, uma fratura no pé fez a saúde do cantor deteriorar. Havia uma semana que Mangabinha não conseguia mais conversar, segundo a viúva, Rosa Quadros.

— Não conversava, nem abria o olho mais. A situação foi piorando.

Mangabinha é uma das vozes da música sertaneja de raiz, que encantou o interior do Brasil nos anos 1970 e 1980. Entre os principais sucessos do Trio Parada Dura estão "Andorinhas", "Blusa Vermelha", "Castelo de Amor", "Telefone Mudo".

http://noticias.r7.com/minas-gerais/cantor-mangabinha-do-trio-parada-dura-morre-em-belo-horizonte-23042015

Se você gosta de ler histórias sobre "Cangaço" clique no link abaixo:

http://blogdomendesemendes.blogspot.com

quarta-feira, 22 de abril de 2015

PINK - cantora


Alecia Beth Moore2 (Doylestown8 de setembro de 1979), mais conhecida por seu nome artístico Pink (estilizado como P!nk) é uma cantora e compositora americana de pop-rock, vencedora de 3 Grammys. Lançou o seu primeiro single "There You Go" e o seu primeiro álbum, Can't take Me Home em 2000 pela LaFace Records. Seu segundo álbum mais pop-rockMissundaztood, foi o marco de uma mudança radical no som de sua música. Lançado em 2001, o álbum fez um enorme sucesso no mundo inteiro.

Pink lançou o seu terceiro álbum que fez mais sucesso na China, Try This, em Novembro de 2003, que, apesar de tão bem sucedido comercialmente do que seu álbum anterior, ainda conseguiu vender cerca de 3 milhões de cópias e rendeu lhe um Grammy de Melhor Performance Vocal Rock Feminino. O seu 4º álbum, chamado I'm Not Dead, foi lançado em Abril de 2006. O álbum gerou vários singles, como "Stupid Girls", "U + Ur Hand" e "Who Knew". As canções "U + Ur Hand" e "Who Knew" alcançaram o primeiro lugar nas paradas pop. Seu quinto álbum, Funhouse, lançado no final de outubro de 2008 e foi precedido por seu single, "So What" que alcançou o topo da Billboard Hot 100. O álbum marcou outros dois hits Top 20: "Sober" e "Please Don't Leave Me". O álbum ainda gerou os singles "Bad Influence", "Funhouse" e "I Don't Believe You". No dia 12 de Novembro de 2010, ela lançou a sua primeira compilação, Greatest Hits...So Far!!!, com os singles "Raise Your Glass" e "Fuckin' Perfect". Em 2012, a cantora lançou os singles "Blow Me (One Last Kiss)" e "Try", presentes no seu sexto álbum de estúdio intitulado, The Truth About Love, lançado em 18 de setembro de 2012.

Pink foi eleita pela Billboard a 13ª artista da década na Música3 e em primeiro lugar, no gênero pop (2000-2009). Ela também obteve um total de 12 canções no top 10 da Billboard Hot 100, dos quais oito como um artista solo, e ganhou três Grammy Awards, 5 MTV Video Music Awards e dois Brit Awards. O People's Chart, anunciou através da BBC Radio 1, que Pink foi a Artista que teve 11 canções no Top das mais tocadas nas rádios do Reino Unido da década de 2000 a 2009.4 Ela já vendeu mais de 50 milhões de álbuns muldialmente.5 A Forbes Magazine em 2010, a nomeou como a 27ª celebridade mais poderosa, com 44 milhões de dólares arrecadados entre Junho de 2009 e Junho de2010.6 P!nk também participou da campanha We Are the World for Haiti. Em 2013, Pink foi eleita a mulher do ano, pela revista Billboard.


Nascida numa família musical, aos treze anos já dançava e participava como cantora de apoio de espectáculos na sua cidade. No ano seguinte, um DJ local permitiu que ela cantasse uma música a cada sexta-feira, no palco. Numa dessas noites, P!nk foi vista por um executivo da gravadora MCA, que a levou, inicialmente para um grupo de R&B chamado Basic Instinc, e depois para outro, feminino, The Choice. As experiências não deram certo, mas P!nk impressionou os chefões da gravadora, como o lendário Babyface.Teve de fazer uma escolha que segundo ela, fora muito complicada, pois ao mesmo momento que ela queria permanecer no seu grupo, com outras duas garotas, ela queria fazer com que sua carreira crescesse .P!nk afirma que seus pais brigavam muito quando ela era ainda pequena, ela se refugiava nos bares com amigos e consumia drogas e bebidas. Aos 15 anos quase sofreu uma overdose.

nome artístico "Pink" é uma alusão ao personagem Mr. Pink de Cães de Aluguel, o primeiro filme do diretor Quentin Tarantino, no qual ela assistia com suas amigas. Cada uma delas era um personagem ( Mr. Orange, por exemplo).

Pink conheceu o corredor profissional de motocross, Carey Hart, nos X Games em Filadélfia, em 2001. Depois de uma breve separação em 2003, Pink pediu Hart em casamento em junho de 2005, durante a corrida de motocross de Mammoth Lakes, colocando o texto "Will you marry me?" no seu posto de partida. Mais tarde casaram-se na Costa Rica em 7 de janeiro de 2006.

Depois de meses de especulação, Pink anunciou, em fevereiro de 2008, que ela e Hart estavam separados. Depois Hart apareceu no vídeo da sua canção de 2008, "So What", em que se fala da separação e divórcio. O casal participou em aconselhamento matrimonial durante a sua separação, na esperança de se conseguirem reconciliar. Em fevereiro de 2010, Pink confirmou que ela e Hart estavam novamente juntos e anunciou, em novembro de 2010, que eles estavam à espera do seu primeiro filho. Em 2 de junho de 2011, Pink deu à luz a filha do casal, Willow Sage Hart.

P!nk também teve seu momento no mundo dos filmes. Em Catacumbas, P!nk vive Carolyn, a irmã de Victória (Shannyn Sossamon). Elas vão para uma rave embaixo de Paris, nas catacumbas. Lá, Carolyn conta histórias de um homem que cresceu ali embaixo sob rituais e maldições, sendo este 'coroado' com uma mascara de bode. Este, veio para atormentar Victória, sensível e facilmente assustada.

O filme infelizmente não teve uma critica muito boa. Tanto a qualidade de imagem, trilha sonora quanto o elenco foram fortemente criticados. Este não teve um desfeche bom.

Carreira musical[editar | editar código-fonte]

2000 — 2002: Can't Take Me Home e M!ssundaztood[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Can't Take Me Home e M!ssundaztood
O seu disco de estreia, Can't Take Me Home, foi lançado em 2000 e ultrapassou os dois milhões de cópias, enquanto P!nk viajava como acto de abertura dos shows do N'sync e emplacava sucessos como "There U go", "Most Girls" e "You Make Me Sick". Logo, porém, ela cansou do cerceamento imposto pelo universo teen pop e resolveu se assumir como adulta antes de gravar o segundo disco."Most Girls" ficou em primeiro lugar nas paradas de música da Austrália, "There U go" foi o single de maior sucesso, conseguindo ficar em sétimo lugar na Billboard Hot 100, "You Make Me Sick" não fez tanto sucesso como os singles anteriores mas entrou na trilha sonora do filme "No Balanço do Amor".

Nesse interim, participou na versão do clássico setentista "Lady Marmalade", gravada para o filme Moulin Rouge, ao lado de Christina AguileraMya e Lil' Kim. P!nk aproveitou o sucesso da canção e do single "Get The Party Started" para lançar seu segundo disco, M!ssundaztood, que trazia mais personalidade e contribuições de roqueiros como Linda Perry (ex-4 Non Blondes), Steven Tyler, do Aerosmith, e Richie Sambora, do Bon Jovi. Era claro o caminho que ela queria seguir.

O lançamento de “Missundaztood”, em 2001, trouxe uma Pink mais diversificada. As músicas variaram entre românticas e introspectivas. A primeira canção de trabalho, “Get the party started”, alcançou o quarto lugar das paradas. Com participações de Steven Tyler, do Aerosmith, Richie Sambora, guitarrista do Bon Jovi e de Linda Perry, ex-integrante do 4 Non Blondes, que compôs algumas músicas, o CD estourou em todo mundo, vendeu mais de 14 milhões de cópias e foi disco de ouro no Brasil com mais de 50 mil cópias vendidas.

2003 — 2007: Try This e I'm Not Dead[editar | editar código-fonte]

O sucesso continuou forte, ajudado por uma campanha publicitária (propaganda da pepsi) ao lado de Britney Spears e Beyoncé. Mais confiante, ela lançou Try thisem 2003, apostando na experimentação e em seu próprio talento. Novamente Linda Perry participou do disco, compondo e produzindo, assim como o punk Tim Armstrong, do grupo Rancid. Porém o disco não vendeu tanto quanto o anterior, porém reafirmou Pink no posto de cantora e compositora, a sério.

Em 2006, a cantora, lança seu quarto álbum, I'm Not Dead, considerado pelos fãs uma evolução estilística. Embora o álbum esteja repleto de funks que são a sua marca, I'm Not Dead também revela o lado rock and roll da artista. O primeiro vídeo do álbum, da canção Stupid Girls, é assinado pelo diretor Dave Meyers. O clip ataca a cultura pop, satirizando o estilo de vida que foca a auto-imagem como fator preponderante.

O segundo vídeo extraído de I'm Not Dead é Who Knew, que traz a situação de amar uma pessoa que faz promessas e nunca as cumpre. O clipe retrata o drama de uma garota que sofre com o vício em drogas injetáveis de seu namorado. O clipe de U+Ur Hand, como Stupid Girls, é uma manifestação feminista.

Exibido na MTV, o clipe de sua música com as Indigo Girls, Dear Mr. President foi tirado do DVD I'm Not Dead. Ainda deste mesmo DVD, ela retirou mais dois singles promocionais, Leave me Alone (I'm Lonely) e 'Cuz I Can, sendo que o último foi lançado somente na Austrália. O single Dear Mr. President foi lançado apenas fora dos EUA pois a letra contém críticas ao presidente e decidiu-se evitar a polêmica.

P!nk foi a produtora executiva do álbum, a sua produtora e compôs todas as canções, junto com ela está um grupo de colaboradores: o produtor e compositor Billy Mann, Max Martin e Luke Gottwald, assim como o cantor e compositor Butch Walker, Mike Elizondo e a dupla Indigo Girls.

Em 2006 ela se casou com o namorado de longa data, o piloto de motocross Carey Hart, numa cerimônia pequena e discreta na Costa Rica.

2008 — 2011: Funhouse e Greatest Hits...So Far!!![editar | editar código-fonte]

Em Outubro de 2008, a cantora lançou mundialmente o álbum, Funhouse, que alcançou o topo das paradas do Reino UnidoNova ZelândiaAustrália e Suíça. Os colaboradores do CD são Butch WalkerMax MartinBilly Mann e Eg White. O primeiro single do álbum, lançado em Agosto de 2008, antes do lançamento do mesmo, foi "So What", que tornou-se o primeiro single solo da cantora a chegar à primeira posição na Billboard Hot 100e foi o single mais vendido da cantora em toda sua carreira. A estreia do videoclipe da canção ocorreu no dia 22 de agosto de 2008, no programa FNMTV, da MTV.

O segundo single do álbum foi Sober, lançado em Novembro de 2008. O terceiro, Please Don't Leave Me, que foi lançado na Austrália, no dia 31 de janeiro, alcançou a oitava posição no Canadá. O quarto single deste álbum, Funhouse, foi lançado no Reino Unido em 3 de agosto de 2009.Ainda foi lançado um quinto single, deste mesmo álbum, I Don't Believe You.

Depois de sua apresentação no Grammy Awards 2010, P!nk conseguiu obter o quinto lugar no iTunes com uma outra música,Glitter in the Air, que virou o sexto single de Funhouse.

O álbum ainda foi o primeiro da carreira a conseguir 5 músicas na parada Billboard Hot 100. Com So WhatSoberPlease Don't Leave MeFunhouse e Glitter in The Air.

P!nk lançou em 6 de outubro de 2010 o single Raise Your Glass do novo álbum de melhores músicas Greatest Hits...So Far!!!, lançado em 15 de novembro de 2010.

O Single Raise Your Glass vem conquistando espaço aos poucos nas paradas, nos EUA, ja esteve em 2° no Itunes e na Billboard Hot 100 o single liderou a parada no dia 2 de dezembro de 2010. Na Australia Raise Your Glass estreou em 1°, e alem desse single, ainda Fuckin' Perfect estreou em 10°, mesmo sem ser lançado, sem videoclip e sem qualquer divulgação. Pink lançou a música como single e o seu videoclipe em 20 de janeiro de 2011. Mas contudo, sua carreira teve um pequeno interrompimento devido ao nascimento da sua filha Willow Sage Hart no dia 2 de junho de 2011. A cantora também fez a dublagem de Glória, a mãe de Mano do filme Happy Feet e dublou a mesma personagem no Happy Feet 2.

2012 — Atualmente: The Truth About Love,Roseave[editar | editar código-fonte]

Em Setembro de 2012, foi lançado o seu sexto álbum de estúdio The Truth About Love.

O primeiro single do disco é "Blow Me (One Last Kiss)" que teve desempenho bom nas paradas, chegando á ser a segunda música mais ouvida e comprada no mundo por duas semanas. Nos principais charts a música pontuou em: Estados Unidos #5, Canadá #4, Austrália #1 e Inglaterra #3.

O segundo single Try teve mais estabilidade que os primeiro e se tornou um dos maiores acumulados de vendas da carreira da cantora. Nos principais charts a música pontuou em: Estados Unidos #9, Canadá #4, Austrália #6 e Inglaterra #8. No Brasil o single ganhou destaque entre os meses de fevereiro e setembro de 2013 os quais passou sendo uma das 100 músicas mais baixadas pelo iTunes Brasil.

O terceiro single foi Just Give Me a Reason com Participação de Nate Ruess que se tornou o maior single do álbum e um dos mais vendidos da carreira da cantora. Em 2013 (até o momento) é o single feminino mais vendido no mundo. Nos principais charts a música pontuou em: Estados Unidos #1, Canadá #1, Austrália #1 e Inglaterra #2. No Brasil não foi diferente, a música também foi um sucesso e se tornou a primeira da Pink á chegar no topo do Hit Parade Brasil da rádio Jovem Pan, além de chegar ao #2 no iTunes Brasil.A canção foi indicada a 2 categorias do Grammy, como Canção do Ano e Colaboração grupo/duo POP.

O quarto single foi True Love com participação de Lily Allen. Nos principais charts a música pontuou em: Estados Unidos #59, Canadá #22, Austrália #5 e Inglaterra #16.

A tour que promoveu o álbum foi a The Truth About Love Tour que teve início em fevereiro de 2013 nos Estados Unidos. Essa tour recebeu vários prêmios de recordes na Austrália e foi uma das mais bem sucedidas da década no mundo todo.Até 2014 o album havia vendido mais de 7 milhões de copias mundialmente.

Em 2012, P!nk juntou-se à Deusa do Pop, Cher, e contribuiu para o álbum Closer To The Truth, escrevendo a música I Walk Alone. P!nk afirmou ao jornal Herald Sun«É uma grande honra. Finalmente sinto-me como uma compositora. Sou uma grande fã.»</em.

Em 2014 Pink Se juntou ao cantor Dallas Green e gizeram um grupo You+Me e gravaram o album de estudio Roseave


http://pt.wikipedia.org/wiki/Pink

Se você gosta de ler histórias sobre "Cangaço" clique no link abaixo:

http://blogdomendesemendes.blogspot.com

domingo, 19 de abril de 2015

RAFAEL BRAGA


Rafael Braga apresentou-se aos 24 anos de idade como filho de Roberto Carlos. Este, voltado sempre para uma espiritualidade profunda, torna atitude oposta à de outro rei: reconhece o filho, dá-lhe sobrenome e favorece lhe financeiramente a vida. Rafael Braga tentou carreira como cantor, gravou este CD e no Especial de 1996 foi apresentado publicamente como o filho do Rei, quando cantaram juntos a música As curvas da estrada de Santos.

O vínculo entre pai e filho é irrefutável e indestrutível. Ser REI não é para qualquer um. Ídolos de verdade, cujas atitudes se revistam de fraternidade, justiça, amor ao próximo são poucos. Ídolos de mentira, no entanto, existem muitos: por fora, brilhantes e confiáveis, mas feitos de barro, ocos e frágeis, quebradiços a qualquer aragem.


ÁUDIO ENVIADO GENTILMENTE POR JOTAEFE, MEMBRO DESTE PORTAL.

Clique no  link abaixo e ouça Rafael Braga

http://www.clubedorei.com.br/wmafiles/detail.asp?iData=170&iCat=931&iChannel=20&nChannel=Wmafiles

Se você gosta de ler histórias sobre "Cangaço" clique no link abaixo:

http://blogdomendesemendes.blogspot.com

sábado, 18 de abril de 2015

LIU & LÉU


Liu & Léu foi uma dupla de música sertaneja brasileira formada pelos irmãos Lincoln Paulino da Costa (Itajobi07 de Agosto de 1934 — Ibiraci04 de agosto de 2012) e Walter Paulino da Costa (Itajobi02 de Abril de 1937) em 1959 na pequena cidade de Itajobi do estado de São Paulo.1

Membros de uma família tradicional de cantadores de nove irmãos, sendo duas mulheres, cresceram na lavoura de café e cereais, onde viveram parte de suas vidas e sempre participando de festas de catiras. Na dança da catira o grupo era formado pelas famílias Costa e Vieira. Lincoln, além de dançar catira, era romântico; gostava de declamar poesias e até de cantar músicas de Vicente Celestino.


Walter aos seis anos de idade subia numa cadeira para cantar com o irmão mais velho, o Benedito, e já fazia parte do time de catira. Com 16 anos fez dupla com um amigo e participavam de programas na Rádio de Novo Horizonte e também em Catanduva. Nesta época a dupla chamava-se “Sampaio e Nenê Cunha”. Faziam shows pela região, e o Liu participava declamando poesias e fazendo humorismo.

O pai, seu Gabriel já cansado deixou a vida dura da lavoura indo para a cidade, foi aí que os dois irmãos decidiram ir para a capital São Paulo para trabalhar numa metalúrgica, a Mercantil Suíça. Aguardando para assumirem o trabalho foram assistir a festa de aniversário do programa “Brasil Caboclo” na Rádio Bandeirantes, na rua Paula Souza, programa de auditório que ia ao ar diariamente as 7 horas da manhã.


Neste programa radialistas como Biguá, Zacharias Mourão, Capitão Balduíno e outros tomaram conhecimento que os dois visitantes eram irmãos de Zico & Zéca e primos de Vieira e Vieirinha que já eram duplas famosas, pediram para que os dois irmãos cantassem uma música. Foi então que cantaram com instrumentos emprestados a música de Dino Franco e Sebastião Victor “Meu Ranchinho”. De agrado geral, marcou-se ali mesmo a estréia para o dia 5 de novembro de 1957, no programa “Novidade Sertaneja” apresentado por Zacharias Mourão. Compraram uma viola e um violão e escolheram os nomes. O Lincoln já era apelidado por “Liu” e aí foi só acrescentar “Léu” para o Walter. Nascia ali a dupla Liu e Léu.


A dupla tornou-se conhecida pelos circenses através do rádio, e começaram a se apresentar em circos pelos Estados de São Paulo,Minas GeraisParanáGoiás eMato Grosso, acompanhados durante um bom tempo pelo amigo e grande radialista Muibo Curi que se apresentava como humorista usando o nome de Nho Tião.

Em abril de 1959 convidados por Teddy Vieira diretor artístico da Chantecler gravaram o  78 rotações com a moda de viola “Rei do Café” de Teddy Vieira e Carreirinho e do outro lado “Carreiras de Cururu” de Piraci, Biguá e Teddy Vieira. Em Junho do mesmo ano gravaram a toada “Boiadeiro Errante” de Teddy Vieira (música que se tornou um clássico, personalizando a dupla e mantendo-se em sucesso permanente) na outra face do disco a música “Baile na Roça” de Teddy Vieira e Zico.


Com o término do compromisso na Rádio Bandeirantes, transferiram-se para a Rádio Nove de Julho participando semanalmente do programa “Prelúdio Sertanejo”, que ia ao ar as seis horas da tarde com auditório, até o ano de 1962 período em que gravaram mais 6 discos de 78 rotações. Neste mesmo ano houve grandes mudanças, gravaram o 1º LP intitulado “Nosso Rancho” pela gravadora Continental, receberam o troféu pela música “Meu Ranchinho” de Dino Franco e Sebastião Vitor de Melhor Música do Ano.


Em seguida foram para a Rádio Nacional de São Paulo permanecendo lá durante muitos anos. Liu e Léu participaram também do primeiro programa “Viola Minha Viola” na TV Cultura. Contratados pela Rádio Record participavam do Programa “Linha Sertaneja Classe A” e paralelamente apresentavam-se em programas de televisão.

Em 1978 Liu e Léu, criam o selo Tocantins onde lançaram vários artistas, e a própria dupla, destacando neste período os sucessos: Sementinha, Mãe de Carvão, O Ipê e o Prisioneiro, Jeitão de Caboclo, Ano 2000, Porta, Cadeia de Papel, Velho Pouso de Boiada, Prato do Dia, 25 de Dezembro e Legítimo Doutor.

Ao todo somam-se 32 LPs pelas gravadoras Continental, Chantecler, RCA Victor, Copacabana e Tocantins, e 17 CDs em várias outras.

Ao longo da carreira permanecem em destaque as músicas, Rei do Café, Boiadeiro Errante, Adeus Minha Terra, Rainha do Paraná, Caminheiro, Dona Saudade, Onde Eu Moro, Buscando a Felicidade e outros.

Em 2002 é lançado o CD “Jeitão de Caboclo” pela gravadora Atração, que em 2003 recebe a indicação para o Grammy Latino na categoria de “Melhor Álbum de Música Regional”.

No ano de 2005 participaram, na casa de shows Olímpia, da gravação do DVD 100% Caipira com a música “Jeitão de Caboclo”.

O mais recente trabalho é lançado agora, no ano de 2009 pelo selo Tocantins, intitulado “50 Anos”.

No dia 4 de agosto de 2012, Liu falece.

http://pt.wikipedia.org/wiki/Liu_%26_L%C3%A9u

Se você gosta de ler histórias sobre "Cangaço" clique no link abaixo:

http://blogdomendesemendes.blogspot.com

http://mendespereira.blogspot.com

domingo, 12 de abril de 2015

LORENA E RAFAELA


Lorena e Rafaela tinham cinco e quatro anos respectivamente quando decidiram ser cantoras, e apesar da pouca idade, despontam como uma das maiores promessas da nossa música brasileira.

Extremamente carismáticas e inteligentes, encantam com suas lindas vozes e já emocionou plateias de grandes palcos do nosso cenário televisivo.

Já cantaram com grandes nomes do nosso cenário musical, entre eles, Milionário e José Rico e Felipe e Falcão e foram muito elogiadas pela dupla Di Paulo e Paulino, cantores que ficaram impressionados com o talento das cantoras mirins.



Já se apresentaram em programas de televisão de grande repercussão nacional, tais como Programa do Raul Gil entre outros. Seus vídeos no youtube já somam milhares de acessos e só tem elogios.

Não deixe de conferir o talento dessas duas mineirinhas e prepare-se para se emocionar com a beleza e o encanto de suas vozes.


http://www.lorenaerafaela.com.br/biografia

Se você gosta de ler histórias sobre "Cangaço" clique no link abaixo:

http://blogdomendesemendes.blogspot.com

sábado, 11 de abril de 2015

GABI VIOLEIRA


A jovem paulista Gabriela Pereira, nascida no dia 07 de novembro de 1990, na cidade de Ribeirão Preto, interior do estado de São Paulo, cidade com tradição na música sertaneja, começou cedo na carreira musical. Na infância, demonstrava talentos musicais e um gosto especial pela música sertaneja, o que levou sua família a investir na garota, iniciando assim os estudos na área. Aos 15 anos de idade, fazia shows nos barzinhos da cidade. Certo dia, seu avô que muito a incentivava, trouxe uma guitarra de presente.


Porém, a vida dessa grande violeira mudaria em breve, e foi logo em seguida num Encontro de Violeiros da Região que Gaby teve seu primeiro contato com a viola. E ao se deparar com o som e ponteados da viola, foi amor a primeira vista. A partir daí, as coisas tomariam rumos diferentes. Após esse encontro, para a surpresa de todos, Gaby trocou a guitarra pela Viola Caipira, e cada vez mais foi se aprofundando no mundo do Sertanejo Raiz. Em 2006, a jovem cantora deu início a sua carreira profissional artística.

www.gabyvioleira.com.br

Desde esse período, até o ano de 2013, teve duas duplas, onde participou de vários programas regionais e nacionais como: Programa do Raul Gil, Programa do Ratinho e Manhã Gazeta com Claudete Troiano. Hoje em carreira solo, Gaby Violeira, traz para o mundo um estilo diferenciado e também uma novidade para a música brasileira, usando e abusando da criatividade através da viola caipira, resgatando sempre o Sertanejo Raiz. O carisma, aparência e simplicidade são os pontos que diferenciam a cantora no mercado fonográfico, e isto é o que vem destacando e contagiando seu público por onde passa.

http://www.gabyvioleira.com.br/bio.aspx

Se você gosta de ler histórias sobre "Cangaço" clique no link abaixo:
http:blogdomendesemendes.blogspot.com

quinta-feira, 2 de abril de 2015

Um pouco mais da história do Pe. Alessandro


Padre Alessandro Campos

Aos 29 anos o “Padre Sertanejo" Alessandro Campos é a nova revelação musical da Igreja Católica. Criado no interior de SP e fã incondicional de música sertaneja, o Padre uniu o ritmo e a fé criando letras com mensagens cristãs para músicas de raiz sertaneja.


Alessandro Correa de Campos nasceu no dia 17 de fevereiro de 1982, em Guaratinguetá (SP). Aos 7 anos já brincava de celebrar missas com bolacha Maria e suco de groselha. Isso aconteceu porque, para ele com certeza, a sua vocação foi consolidada quando entrou ainda nessa idade pela primeira vez em uma igreja e se apaixonou imediatamente pelo rito da missa. Aos 13 anos ingressou no seminário e aos 23 foi ordenado - um dos mais jovens Padres do Brasil. Hoje com 29 anos, Padre Alessandro Campos anda fazendo um grande sucesso em Brasília, onde mora, por conta do estilo próprio de levar a Palavra de Deus aos católicos. 

Foi ainda jovem que Pe. Alessandro começou a cantar moda de viola e apreciar as canções que seus pais tanto ouviam. Dono de uma voz afinada, o jovem uniu a fé e a música sertaneja e começou sua evangelização criando louvores com base nas músicas de raiz sertaneja e letras com mensagens cristãs. As versões de cunho católico que faz para os clássicos sertanejos “Saudade da Minha Terra”, “Moreninha Linda”, “Sonhei com você” viram explosão de fé contagiando a todos, independentemente da idade e do credo. 

Com muita naturalidade, o jovem padre encarna um autêntico peão, com chapéu, cinto, roupas, botas e interpreta suas canções adaptadas. Essa mistura transformou suas celebrações em momentos inesquecíveis de alegria, louvor e renovação. Pronto para levar a Palavra de Deus ao resto do Brasil através de suas canções, o Padre acaba de lançar seu primeiro cd pelo selo LIGA, com distribuição da gravadora Universal. O álbum “O homem decepciona; Jesus Cristo jamais”, traz músicas inéditas e algumas regravações que prometem levar essa alegria contagiante das celebrações sertanejas e sua forte espiritualidade, para todo país, através de letras inéditas. Com palavras de ordem como “Seguuuuura, Cristão” e “O que é que eu sou sem Jesus?”, Padre 

Alessandro Campos evoca a doutrina católica com o pé na roça.

http://padrealessandroc.blogspot.com

Se você gosta de ler histórias sobre "Cangaço" clique no link abaixo:

http://blogdomendesemendes.blogspot.com

quarta-feira, 1 de abril de 2015

MOREIRA DA SILVA

www.esquinamusical.com.br

Antônio Moreira da Silva (Rio de Janeiro1 de abril de 1902 — Rio de Janeiro, 6 de junho de 2000) foi um cantor ecompositor brasileiro, também conhecido como Kid Morengueira1 .

Biografia [editar | editar código-fonte]

Filho mais velho de Bernardino de Sousa Paranhos, trombonista da Polícia Militar e de dona Pauladina de Assis Moreira.

Carioca da Tijuca, criado no Morro do Salgueiro, só iniciou os estudos aos nove anos, mas abandonou a escola aos onze anos, quando o pai faleceu. Foi empregado de fábricastecelagens e chofer de praça e de ambulância.

Considerado o criador do samba-de-breque, Moreira da Silva iniciou sua carreira em 1931, com Ererê e Rei da Umbanda. Em 1992, foi tema do enredo da escola de samba Unidos de Manguinhos. Em 1995 gravou "Os 3 Malandros In Concert" com Dicró e Bezerra da Silva, aos 93 anos de idade.

Em 1996, foi tema do livro Moreira da Silva - O Último dos Malandros. Com 98 anos de idade, ainda se apresentava em shows.

Participou do histórico disco de Chico Buarque de Holanda, a "Ópera do Malandro" de 1979, fazendo dueto com o próprio Chico.


http://pt.wikipedia.org/wiki/Moreira_da_Silva

Se você gosta de ler histórias sobre "Cangaço" clique no link abaixo:

http://blogdomendesemendes.blogspot.com